RSS
Write some words about you and your blog here

Apresentação


Pode ser que eu esteja mais do que enganada, mas tenho quase certeza que todo escritor/compositor/poeta, independente que seja amador ou profissional, tenha leitura como um de seus passatempos favoritos.

Se isso for realmente uma característica comum pelo menos para maioria dos indivíduos desta espécie que se sentem plenos e completos quando estão colocando no papel algo que surgiu em sua mente, então posso me sentir mais pertencente a essa espécie do que já me sinto; que ô criatura pra gostar de ler é essa tal Rafaela Rocha. Quer fazer ela ficar com um sorriso de orelha a orelha? Lhe dê um livro que ela não tenha.

Sim, eu amo ler. Livros e mangás são minhas paixões; desde criança sempre amei ler e o amor cresceu à medida que crescia o número de velinhas que colocavam no meu bolo de aniversário.

Até há alguns meses atrás eu tinha um amigo que gostava tanto de livros quanto eu(ele também era, ou melhor, ainda é um escritor amador) e passávamos horas e mais horas falando sobre os livros que estávamos lendo, os que já havíamos lido e os que pretendíamos ler. E o teor das conversar iam desde comentários adotados pelo autor(a) ao escrever o enredo até analises psicológicas dos personagens(pode parecer coisa de louco, mas era bem divertido ver pontos de vista de duas pessoas em torno de uma personagem). Concordo que para algumas pessoas isso pode parecer coisa de maluco, mas existe algum escritor/compositor/poeta completamente normal?

Hoje esse rapaz e eu não somos mais amigos e às vezes sinto falta de ter com quem conversar sobre o que estou lendo e alguém falar sobre o livro que está lendo; se ele indica ou não; se acha a idéia boa ou se a narrativa é daquelas de prender qualquer um; enfim, essas conversas que eu tinha com ele.

Claro que posso ler resenhas feitas por fãs de determinada obra, no Orkut é o que mais tem; é obvio que posso escrever resenhas também, mas não é exatamente a mesma coisa.

Então, para amenizar a falta daquelas conversas, passarei a escrever resenhas, quer dizer, tentar escrever resenhas sobre os livros que eu for lendo. Não vai ser algo do tipo “minha nossa senhora, que resenhas maravilhosa”, mas farei o máximo que minha habilidade de escritora amadora permitir.

Assim, está aberta mais uma sessão no blog “A Escritora e o Pendulo”.

1 comentários:

Grupo Central Editorial disse...

Parabéns pela iniciativa e pelo blog.
Abraços.

Grupo Central Editorial disse...

Parabéns pela iniciativa e pelo blog.
Abraços.